sexta-feira, junho 29, 2007

Microsoft PowerToys for Windows XP

Microsoft PowerToys for Windows XP

São programas que adicionam diversão e funcionalidades no Windows XP.

Segue a listagem dos programas e a descrição dos mesmos, em inglês.


Color Control Panel Applet
Professional-level photographers and designers know that getting consistent, accurate color from file to screen to print and beyond is a requirement for great results. This new tool helps you manage Windows color settings in one place. Download or learn more.

SyncToy
With new sources of files coming from every direction (such as digital cameras, e-mail, cell phones, portable media players, camcorders, PDAs, and laptops), SyncToy can help you copy, move, and synchronize different directories. Download or learn more.

Este é um software que permite que você sincronize duas pastas de seu Windows, podendo estas estarem em mídias removíveis, facilitando por exemplo backup, ou a copia de arquivos de um micro para outro.

RAW Image Thumbnailer and Viewer
Are you a serious photographer? Now you can organize and work with digital RAW files in Windows Explorer (much as you can with JPEG images). This tool provides thumbnails, previews, printing, and metadata display for RAW images. Download or learn more.

ClearType Tuner
This PowerToy lets you use ClearType technology to make it easier to read text on your screen, and installs in the Control Panel for easy access.

HTML Slide Show Wizard
This wizard helps you create an HTML slide show of your digital pictures, ready to place on your Web site.

Open Command Window Here
This PowerToy adds an "Open Command Window Here" context menu option on file system folders, giving you a quick way to open a command window (cmd.exe) pointing at the selected folder.

Este software adiciona o comando "Open Commnad Windows Here" no menu do gerenciador de arquivos do Windows, dando uma opção rápida para abrir a janela de comandos (cmd.exe).

Alt-Tab Replacement
With this PowerToy, in addition to seeing the icon of the application window you are switching to, you will also see a preview of the page. This helps particularly when multiple sessions of an application are open.

Tweak UI
This PowerToy gives you access to system settings that are not exposed in the Windows XP default user interface, including mouse settings, Explorer settings, taskbar settings, and more.
Version 2.10 requires Windows XP Service Pack 1 or Windows Server 2003.

Utilitário que permite fazer diversas configurações adicionais no seu Windows.

Power Calculator
With this PowerToy you can graph and evaluate functions as well as perform many different types of conversions.

Image Resizer
This PowerToy enables you to resize one or many image files with a right-click.

Outro software muito útil, pois permite através de um click que se altere o tamanho de uma ou mais imagens. Útil para ajustar o tamanho de imagens antes de envia-las por e-mail.

CD Slide Show Generator
With this PowerToy you can view images burned to a CD as a slide show. The Generator works downlevel on Windows 9x machines as well.

Virtual Desktop Manager
Manage up to four desktops from the Windows taskbar with this PowerToy.

Adiciona outros desktops (áreas de trabalho) no Windows, permitindo que você altere entre elas. Semelhante a funcionalidades do KDE do Linux.

Taskbar Magnifier
Use this PowerToy to magnify part of the screen from the taskbar.

Webcam Timershot
This PowerToy lets you take pictures at specified time intervals from a Webcam connected to your computer and save them to a location that you designate.

Software que permite que você programe um intervalo, para que sua Webcan conectada no seu computador envie as imagens gravadas para um local que você programou.

MozBackup - Ferramenta para backup



O software Mozbackup é um utilitário que permite a criação de backups de configurações, mensagens e profiles dos seguintes programas Mozilla:

- Mozilla Firefox -
- Mozilla Thunderbird
- SeaMonkey
- Mozilla Suite
- Netscape

quarta-feira, junho 20, 2007

Softwares de avaliação da Microsoft

A Microsoft disponibiliza para download diversos softwares e ferramentas para avaliação. Estas ferramentas são plenamente utilizáveis entre 90 e 180 dias.

No link http://www.microsoft.com/technet/prodtechnol/eval/default.mspx  você pode fazer o download dos softwares, entre eles podemos destacar os seguintes:


Microsoft Office Enterprise Project Management (EPM) Solution - Project Server 2007 Microsoft Office Enterprise 2007

Windows Vista

Windows Vista - Coming soon!

Microsoft Office Enterprise Project Management (EPM) Solution - Project Server 2007

Microsoft Office Enterprise Project Management (EPM) Solution - Project Server 2007

Microsoft Virtual Server 2005 R2 SP1

Microsoft Virtual Server 2005 R2 SP1

Microsoft Office Enterprise Project Management (EPM) Solution - Project Professional 2007

Microsoft Office Enterprise Project Management (EPM) Solution - Project Professional 2007

Microsoft System Center Operations Manager 2007

Microsoft System Center Operations Manager 2007

Microsoft Exchange Server 2007

Microsoft Exchange Server 2007

Microsoft System Center Essentials 2007

Microsoft System Center Essentials 2007

Microsoft SQL Server 2005

Microsoft SQL Server 2005

Microsoft Forefront Client Security

Microsoft Forefront Client Security

Windows Compute Cluster Server 2003

Windows Compute Cluster Server 2003

Microsoft Forefront Security for SharePoint

Microsoft Forefront Security for SharePoint

Windows Server 2003 R2

Windows Server 2003 R2

Microsoft Forefront Security for Exchange Server

Microsoft Forefront Security for Exchange Server

Windows Small Business Server 2003 R2

Windows Small Business Server 2003 R2

Microsoft Internet Security for Acceleration (ISA) Server 2006 Enterprise Edition

Microsoft Internet Security for Acceleration (ISA) Server 2006 Enterprise Edition

Microsoft Systems Management Server 2003 R2

Microsoft Systems Management Server 2003 R2

Microsoft Internet Security for Acceleration (ISA) Server 2006 Standard Edition

Microsoft Internet Security for Acceleration (ISA) Server 2006 Standard Edition

Microsoft Commerce Server 2007

Microsoft Commerce Server 2007

Microsoft Antigen Products

Microsoft Antigen Products

Microsoft Identity Lifecycle Manager 2007

Microsoft Identity Lifecycle Manager 2007





terça-feira, junho 19, 2007

As 10 melhores certificações de 2006.

#1: Red Hat Certified Engineer
Vendor: Red Hat

#2: Microsoft Certified Technical Specialist: SQL & .NET
Vendor: Microsoft

#3: Microsoft Certified Architect
Vendor: Microsoft

#4 (TIE): Cisco Certified Security Professional (CCSP), Project Management Professional (PMP)

Vendors: Cisco, Project Management Institute

#6: Cisco Certified Internetwork Expert
Vendor: Cisco

#7 Cisco Certified Network Professional
Vendor: Cisco

#8: MCSE: Security
Vendor: Microsoft

#9: Systems Security Certified Practitioner (SSCP)
Vendor: (ISC)2

#10: Linux Professional Institute Certification, Level 2 (LPIC 2)

Vendor: Linux Professional Institute


Certificação PMP é considerada a quarta mais importante do mundo

O site CertCities.com elegeu a certificação PMP como a 4ª mais importante certificação do mundo no ano de 2006.

Pode assim avaliar a importância que esta certificação esta tendo, só para constar, no ano de 2005 a certificação PMP estava em décima colocação.

http://certcities.com/editorial/features/story.asp?EditorialsID=95


segunda-feira, junho 18, 2007

Dicas para a prova PMI - Comunicação

Comunicação

- Planejamento das comunicações (planejamento)

Determina que informações são necessárias para os stakeolders (quem precisa saber o quê e quando).

- Distribuição das informações (Execução)

Fazer que a informação seja disponível no tempo e na maneira mais apropriada.

Distribuir de forma regular as informações necessárias aos stakeholders.

SIG=Sistema de informações

Tipo de informação

/Detalhamento

Rotina

Não Rotina

Detalhado

Ineficaz, excesso de dados gera o descrédito do SIG

Efetivo

Resumido

Efetivo

Ineficaz, pouco provável de transmitir a complexidade da informação

- Relatório de desempenho (Monitoramento)

Coletar e disseminar as informações de desempenho. Fornecer informações de como os recursos são utilizados. (relatórios de situação, progresso e previsões)

- Gerenciamento dos Stakeholders (Monitoramento)

Gerenciamento das comunicações para satisfazer os requisitos das partes interessadas e resolver problemas com elas. Gerenciar as expectativas.

Nº de canais de comunicação = n(n-1)/2

Deve-se evitar as barreiras de comunicação: Idéias pré-concebidas, recusa de informação contraria, significados personalizados, motivação, interesse, credibilidade da fonte, habilidade de comunicação, clima organizacional, complexidade do canal.

Idéias (conteúdo básico da informação) à

codificação (organização da idéia por meio de códigos, sai do emissor) à

Transmissão (a mensagem é remetida através de um canal, é onde pode começar o ruído da transmissão) à

Canal (espaço situado entre o transmissor e o receptor, é onde acontecem os maiores números de ruídos) à

Recepção (é a captação da mensagem pelo receptor, é feita pela pessoa que recebe a mensagem) à

Decodificação (é a interpretação do código pelo receptor. É subjetiva e pode ser interpretada de forma livre, ambígua e pode gerar ruídos) à

Ação (ocorre quando o receptor age. Geralmente ocorre um “feedback”. É quando se conhece se houve ou não ruídos, duvidas ou interpretações ambíguas.

Kick off meeting (Get to know & commit) – Reunião de inicio do projeto.

Active Listening – Audiência empática – recebe a comunicação e da feedback.

Communication “Blockers” –

GP é o ponto focal das comunicações no projeto plinC

90 % do tempo do gerente

“Tight Matrix” e “War Room”

Qualidade x Grau

. Uma forma importante de diminuir problemas de comunicação é refrasear o que o interlocutor diz após ouvi-lo.

.Risco no inicio é maior, no final é menor.

Efeito das mudanças, no inicio é menor, no final maior.





Dicas para a prova PMI - Qualidade

QUALIDADE

P. Crosby – Qualidade: adequação ao uso, conformidade às especificações; Fitness for Use; Prevenção ao invés da inspeção; Política de Qualidade: Defeito Zero; Medir o custo da não conformidade.

Plano de qualidade: Cj. de procedimentos. Estabelecimento de padrões.

Garantia de qualidade: Função Gerencial / Processo (verificação e auditagem) à Processo

Controle de Qualidade: Função operacional (avaliação de resultados) à Produto

Responsabilidades: Gerente (85% responsabilidade)

Projeto/ tarefa: Executor

Definição de requisitos do cliente:

Devem ser mensuráveis (definições operacionais ou métricas de qualidade)

São frequentemente implícitos ou não formulados

Servem como uma linha de base a partir da qual desenvolve-se:

- Padrões de qualidade;

- Medidas;

- Desempenho;

“Benchmarking” – Comparação de seus procedimentos com os praticados: por outro setor da empresa (interno) ou pelo competidor mais importante (externo), por outro processo similar implementado por uma empresa não competidora (funcional)

JIT – Just In Time

Gold Plate – Dar extras aos clientes;

KAIZEN – Melhoria contínua nos processos.

- Planejamento da Qualidade (Planejamento)

Identificar quais os padrões de qualidade são relevantes para o projeto e determinar como satisfaze-los.

- Realizar a Garantia da Qualidade (Execução)

Atividades planejadas e sistemáticas que são implementadas visando assegurar o que projeto ira satisfazer os padrões relevantes de qualidade.

- Realizar o Controle da Qualidade (Controle)

Monitorar os resultados específicos do projeto para determinar se estão de acordo com os padrões de qualidade e identificar as formas para eliminar causas de resultados insatisfatórios.

Ferramentas:

- Fluxograma de processos (Encadeamento de atividades);

- Listas de verificação (checklist);

- Histogramas (freqüência);

- Diagrama de espinha de peixe (Ishikawa) (causa/efeito);

- Gráficos de dispersão;

- Gráfico de tendência (scartter plots) (correlação);

- Diagrama de Pareto (80-20) (Prioridade) : uma quantidade relativamente pequena de causas irá produzir a maioria dos problemas ou defeitos.

Gráficos de Controle de Qualidade (Analise Estatística de Qualidade) -> 7 pontos consecutivos acima ou abaixo da media, seu projeto esta fora de controle. Ou então 1 fora dos limites. (Regra 7 pontos)

6 “sigmas” = 3.4 defeitos por milhão.

Dicas para a prova PMI - Custo

CUSTO

Gerenciamento do Custo

Estimativas de custos

Tipo

Quando Feito

Porque Feito

Nível WBS

Método de Estimativa

Quão Precisa

Ordem de magnitude

Muito cedo

Aproximação preliminar para decisões de seleção

1

Analogia /

Top-Down

-25 %

+75 %

Orçamentária

Cedo

Coloca reais nos planos de orçamento

2, 3

Paramétrica

-10 %

+25 %

Definitiva

Mais Tarde

Detalhes para aquisição, estima custos reais

4, 5, 6

Botton-UP

-5 %

+10 %

-5

+10 -10

+25 -25

+75

- Estimativa de custos (Planejamento)

Desenvolver uma estimativa de custos dos recursos – Avaliação Quantitativa

- Ornamentação dos Custos (Planejamento)

É a estimativa dos custos do projeto.

Alocar as estimativas de custos globais aos itens individuais de trabalho com a finalidade de estabelecer um baseline de custo para medir o desempenho do projeto.

Pode-se fazer o reajuste do fluxo de caixa.

Orçamento Global: é uma relação dos custos totais, item a item.

Planejamento -> o mais importante no gerenciamento de projetos.

BAC = Somatório dos orçamentos:

1 – Orçamento WBS

2 – Orçamento riscos conhecidos e impactos conhecidos

3 – Orçamento de riscos conhecidos e impactos desconhecidos

4 – Orçamento de riscos desconhecidos e impactos desconhecidos


- Controle dos Custos (Monitoramento)

Influenciar fatores que criam mudanças nas metas de custo; determinar que a meta de custo foi alterada; e gerenciar as mudanças.


Valor agregado (EV) : Método para medição da performance do projeto, comparação do trabalho planejado com o realmente alcançado. Objetivo de determinar se o desempenho, custo e cronograma estão como planejado.

SPI – Schedule - Índice de performance de agenda (IPA)

CPI – Cost - Índice de performance de custo

uestão

Resposta

Quanto trabalho deveria ser feito ?

PV

Quanto trabalho foi feito ?

EV

Quanto custou o trabalho feito?

AC

Quanto o trabalho total deveria custar?

BAC

Quanto espera-se que o trabalho total custe?

EAC

IDT (SPI) – índice de desempenho do cronograma (TEMPO)

IDT (SPI) = EV / ($ Plano) à EV / PV

IDT = 1 à projeto conforme planejado

IDT <>à Projeto atrasando... (0.9 = 10 % de atraso)

IDC (CPI) – índice de desempenho de Custos $$$

IDC (CPI) = EV / ($ REAL) à EV / AC

IDC = 1 à Projeto conforme planejado

IDC <1>à Projeto mais caro ... (0.5 = 100 % do orçado)

CV = EV – AC à Cost Variance – (-) acima do orçamento $$

SV = EV – PV à Schedule Variance – (-) atrasado (tempo)

EAC = BAC / CPI à Estimation at Completion – Estimativa do valor TOTAL do projeto

ETC = EAC – AC à Estimation to Completion – Estimativa do valor deste ponto até o final do projeto.

VAC = BAC – EAC à Variance at completion – variação (+, -) até o termino do projeto.

* EV sempre vem primeiro nas formulas

* Formula de variação: EV Alguma coisa. (Negativo Mau, positivo BOM)

* Formula de índice: Ev / alguma coisa. (< que 1 Mau, > q 1 Bom)

* Custo use AC;

* Prazo use PV;




Dicas para a prova PMI - Tempo

TEMPO

- Definição das Atividades (Planejamento)

Identificar e documentar as atividades especificas a serem realizadas para produzir os subprodutos da WBS.

- Seqüenciamento das Atividades (planejamento)

Identificação dos relacionamentos lógicos entre as atividades; Deve dar suporte a um cronograma realístico e alcançável.


Ferramentas

MDP – diagrama e Precedência - PDM – AON – CPM – Método do caminho critico.

Nós representam atividades e setas mostram as dependências. C-Começo / C-Cedo, F-Fim / T – Tarde

Forward pass – determina as datas Mais Cedo de inicio e fim

Backward pass – determina as datas Mais Tarde de inicio e fim

Conectores: Acabar-p-começar, acabar-p-acabar, começar-p-começar, começar-p-acabar

MDS – Diagramas de setas - PERT

Setas representam as atividades e nós mostram as dependências

- Somente terminar-p-começar, termino inicio atividades fantasmas (Dummy Activies)

- Estimativa de recursos da atividade (Planejamento)

Quais recursos e quantidade de cada recurso que serão utilizadas e quando estarão disponíveis.

- Estimativa de duração das atividades (Planejamento)

Avaliação da quantidade de períodos de trabalho que provavelmente serão necessários para implementar cada atividade.


Delphi – convergência – opiniões anônimas, valores discordantes devem ser esclarecidos, nova consulta até estabilização dos resultados (3 -4 interações)


Pert – Duração (otimista + 4 x MP + pessimista) / 6

Desvio Padrão = σ = (Pessimista – Otimista) /6

1 σ = 69 % , 2 σ = 96 %, 3 σ = 99 %

Verificar à Variância = (desvio padrão)2 = σ2

σT = √ (σ12 + σ22)

Consideração probabilística, utilização de redes de relacionamento lógico com durações baseadas em uma média ponderada de suas probabilidades.

CPM – Método do caminho critico – único ponto (mais provável) – Calcula uma única data “mais cedo” e “mais tarde” para o início e fim de cada atividade, sendo usado para se determinar que atividades devem ser executadas a tempo para que não haja impacto na data final do projeto.

Monte Carlo – Simulação dos múltiplos caminhos (Pessimista)

Gantt – Não da para analisar nada ! extremamente útil para visualização. Gráfico de barras, Gráfico de marcos, gráfico combinados.

Analise de reservas – Buffers.

- Desenvolvimento do cronograma (planejamento)

Determinar as datas de inicio e fim de cada atividade do projeto. Devem ser realísticas para se poder estimar.

Crashing – aumento dos recursos nas atividades, colocar + pessoas para trabalhar, usar nas atividades do caminho crítico do projeto, aumenta o custo

Fast-Tracking – aumento das atividades em paralelo, aumenta o risco, altera desembolso, Geralmente gera retrabalho.

Nivelamento de recursos – Causa aumento de cronograma.

- Desenvolvimento do Cronograma (planejamento)

Analise dos recursos necessários, restrições de prazos, durações e seqüências de atividades para elaborar o cronograma.

- Controle do Cronograma (Monitoramento)

Determinação do estado atual do cronograma. Controle dos fatores que causam mudança. Determinação de o cronograma mudou. Gerenciar mudanças ocorridas.

Relatórios de progresso, Sistema de controle de mudanças do cronograma, medição de desempenho (earned value) – valor agregado, soft de ger. de projetos, analise de variação.

Folga livre – Quanto a atividade pode atrasar sem causar impacto na atividade subseqüente.

Folga Total Quanto a atividade pode atrasar sem causar impacto na conclusão do projeto.

Método da cadeia Critica: Buffer

Dicas para a prova PMI - Escopo

ESCOPO

- Planejamento de escopo (Planejamento)

Criação de um plano de gerenciamento de escopo, que documenta como o escopo do projeto será definido, verificado e controlado e como a EAP, será criada e definida


- Definição do escopo (Planejamento)

Desenvolvimento de uma Declaração do Escopo Detalhada do projeto como base para futuras decisões do projeto.


- Criar a EAP (WBS) (Planejamento)

Subdivisão dos principais entregas do projeto e do trabalho em componentes menores e mais gerenciáveis.


- Verificação do Escopo (Monitoramento)

Processo de formalização do aceite das entregas do projeto terminadas pelas partes interessadas.


- Controle do Escopo (Monitoramento)

Processos necessários para controlar o escopo do projeto.


Produto -> o que o projeto pretende fazer.

Escopo do Produto <> Escopo do Projeto

Pacote de Trabalho, SMART – eSpecifico, Mensurável, Acordado, Realístico, limitado no Tempo. - > Possuir um único responsável. Nível mais baixo da EAP. 8-80.

Entrega – qualquer saída, resultado ou item mensurável, tangível e verificável que seja produzido para completar um projeto ou parte dele.




Dicas para a prova PMI - Integração

INTEGRAÇÃO:

- Desenvolver o termo de abertura (iniciação)

É o processo de reconhecimento formal que um novo projeto existe ou que um projeto existente deve continuar.

- Desenvolver a declaração preliminar de escopo (iniciação)

É o processo de desenvolvimento de uma declaração preliminar de escopo que aborda e documenta a características e limites do projeto e seus produtos e serviços associados, além dos métodos de aceitação e controle do escopo.

- Desenvolver o Plano de Gerenciamento do Projeto (planejamento)

Inclui as ações necessárias para definir, coordenar e integrar todos os planos auxiliares em um plano de gerenciamento do projeto.

- Orientar e gerenciar a execução do projeto (execução)

Varias ações que a equipe e o GP fazem para realizar o trabalho definido da Declaração de escopo.

- Monitorar e Controlar o Trabalho (monitoramento)

Processos usados para iniciar, planejar, executar e encerrar um projeto para atender aos objetivos de desempenho definidos no plano do GP.

- Controle Integrado de Mudanças (monitoramento)

Revisão de todas as solicitações de mudança, aprovação e controle de mudanças nas entregas e nos ativos de processos organizacionais.

- Encerar o Projeto (Encerramento)

Finalização de todas as atividades em todos os grupos de processos de GP para encerrar formalmente o projeto ou uma de suas fases.

VF=VP(1+r)n VF=Valor Futuro, r=Taxa, n=nº períodos (para verificar a viabilidade de um projeto)

Project Charter (termo de abertura do projeto) => titulo do projeto, gerente do projeto e nível de autoridade, missão e objetivos, justificativa (porque), descrição dos produtos, assinado pelo gerente sênior (SPONSOR)

quarta-feira, junho 06, 2007

Endereçador dos correios em seu site

Caso queira colocar um endereçador dos correios em seu site, permitindo que seus usuários criem e imprimam etiquetas de endereçamento, basta que inclua a figura abaixo, com link para:

http://www.correios.com.br/enderecador/



No site também existem opções de um programa em JAVA para a geração de etiquetas, para uso em escritórios.


sábado, junho 02, 2007

http://www.irobot.com

Site bem interessante, que fabrica e vende alguns tipos de robôs, de robôs para uso militar a robôs para uso domestico.

Como robôs para uso domestico podemos citar:

Vacuuming Robots ou robôs aspiradores de pó
.

Floor Washing Robots ou robôs para lavar chão.


Workshop Robots ou robôs para limpar a sujeira de cachorros.


Pool Cleaning Robot ou robô limpador de piscina.


Robôs - Plataforma de desenvolvimento.


Matéria interessante, em uma revista sobre robôs, descrevendo uma plataforma de programação e de hardware para criação de robôs.

http://www.botmag.com/articles/irobot_create.shtml



Busca do Google

Custom Search